Contabilidade para comércio

O seu estabelecimento merece um atendimento especializado.



Antigamente, antes da criação do dinheiro físico como conhecemos, as relações de comércio tinham como base de funcionamento a troca de mercadorias, independentemente de sua natureza, peso ou estado físico. De maneira simplificada, os produtos e serviços eram adquiridos a partir desse sistema de comércio por troca denominado escambo.


De acordo com historiadores e arqueólogos, a prática de escambo surgiu na Pré-História, durante o período Neolítico. Foi o surgimento da agricultura e da criação de gado que favoreceu a troca de trabalho por produtos neste período.


Com o passar do tempo, o conceito de sociedade foi se aperfeiçoando, as cidades foram se caracterizando; surgiu, então, a necessidade de se criar uma moeda, por entender que o sistema de barganha de mercadorias era desleal, afinal, as trocas eram feitas em transações de valor desconhecido, ficando a cargo de cada comerciante avaliar o seu produto. Com a concepção da moeda, as coisas começaram a adquirir valor idealista-abstrato e suas relações passaram a ser mercantilistas.


Agora, a “troca” é feita de forma indireta, uma pessoa permuta o dinheiro pelo produto que deseja, e os valores são baseados em um conjunto de processos que levam em consideração todas as esferas envolvidas na produção deste produto.


A invenção do dinheiro contribuiu para a simplificação e promoção do desenvolvimento do comércio, promovendo conceitos importantes para as relações econômicas como demanda-oferta, poder de compra, livre comércio, mais-valia e lucro.


Com a consolidação do sistema capitalista e a perspectiva neoliberalista fortalecida pela intensificação do comércio digital, as atividades comerciais passaram a ser cada vez mais “recheadas” de incidências tributárias. São muitos detalhes trabalhistas e encargos previdenciários que exigem que o empreendedor – o comerciante do futuro – seja atendido por uma contabilidade especializada em comércio, a fim de dar mais agilidade e segurança ao seu empreendimento.


Esse novo formato de comércio exige habilidades para gestão de pessoas, marketing, compras, estoque, precificação, fluxo de caixa dentre outras demandas que estruturam seu negócio. O empresário do comércio precisa controlar de perto todos os seus gastos e seus custos fixos e variáveis, ao mesmo tempo em que incrementa suas receitas de maneira a perseguir o retorno de seu investimento com clareza de seus números e com fôlego financeiro.


A verdade é que, embora existam leis de incentivo e redução fiscal que facilitam cada vez mais a abertura de negócios, ainda assim “comercializar” exige atribuições mais intricadas; esta complexidade administrativa é equivalente ao porte do seu negócio.


Uma grande forma de evitar armadilhas é a escolha de um escritório contábil que preste um serviço de assessoria na sua vida empresarial, provendo relatórios contábeis e financeiros de qualidade, influenciado de forma benéfica nas tomadas de decisões. Um escritório que cuide de suas obrigações tributárias e trabalhistas de forma precisa e oportuna, de maneira que você tenha tranquilidade para focar apenas no seu negócio, deixando as burocracias para quem tem expertise de lidar com elas.


Portanto, desde a abertura de empresa comercial, varejista ou atacadista, até a execução de todas as suas rotinas contábeis, fiscais e trabalhistas, você pode contar com toda a assessoria da Controller e dos nossos serviços de contabilidade para o comércio em geral.


Afinal, a nossa missão é contribuir para o sucesso de nossos clientes através de informações e soluções que otimizem resultados e assegurem qualidade nas decisões.

Fale com a gente e descubra você também o que os especialistas da Controller podem fazer pelo sucesso do seu negócio.


Queremos que você esteja tranquilo e focado em gerar novos negócios.


Entre em contato conosco.

2 visualizações

Precisa de ajuda? Consulte nossos especialistas de plantão via whatsapp.

  • Branca ícone do YouTube
92 - Logotipo.png